Resumo e Estrutura da Árvore Genealógica



No final desta parte é apresentada uma ilustração da Árvore Genealogica da Família LUZ, procurando visualizar melhor todo o conjunto familiar sob estudo, em um esquema gráfico, para uma melhor compreensão do quanto representa esta Família. É um retrato das nove gerações da Família LUZ.
A idéia predominante é a de que a Árvore Genealógica parte de um único tronco e vai se abrindo em galhos e estes galhos em outros galhos e assim sucessivamente pelas gerações familiares futuras, já estando a nossa Família LUZ a andar pela Nona Geração, em um horizonte temporal aproximado de uns 300 anos de existência no Brasil. Pode-se andar na Árvore Genealógica, subindo do tronco para os galhos e descendo dos galhos para o tronco, seguindo a codificação aplicada. Cada acréscimo de um novo número na Estrutura Codificada é um novo galho na Árvore Genealógica, representando uma nova geração.
Na Estrutura Codificada da Árvore Genealógica da Família LUZ, com as nove gerações, foram identificadas todas as pessoas que compõem esta grande Família e que foram possíveis serem localizadas e foram descritas as suas vidas em resumos biográficos, de conformidade com a disponibilidade de informações. Adotamos uma codificação descendente, dos mais velhos para os mais novos, partindo da Primeira Geração (os mais velhos identificados na história) até a Nona Geração (os mais novos nascidos até agora).
Nas Nove Gerações da Família LUZ foram relacionados 3.398 casais e com mais as pessoas solteiras e as pessoas de segundo e terceiro casamento, todas constantes da Estrutura Codificada, chegou-se a um total de 12.068 pessoas da Família LUZ. Considerando somente os filhos/filhas da Família LUZ, isto é, descendentes de sangue nascidos da família são 8.867 pessoas, as quais estão relacionadas no Índice Onomástico. Foram relacionadas mais, na Estrutura Codificada, 1.998 pessoas nas condições de irmãos, pais, avós, etc., todas vinculadas às pessoas de outras famílias que se casaram na Família LUZ, totalizando 14.066 pessoas que constam no bojo da Estrutura Codificada do livro.
A distribuição das pessoas por cada geração está assim indicada: PRIMEIRA GERAÇÃO: 01 casal e total de 02 pessoas da família; SEGUNDA GERAÇÃO: 02 casais, total de 04 pessoas da família e mais 60 pessoas como irmãos, pais, avós, etc. das pessoas de outras famílias casadas na Família Luz;  TERCEIRA GERAÇÃO: 13 casais,  total de 30 pessoas da família e mais 24 pessoas como irmãos, pais, avós, etc. das pessoas de outras famílias casadas na Família LUZ; QUARTA GERAÇÃO: 111 casais, total de 254 pessoas da família e mais 104 pessoas como irmãos, pais, avós, etc. das pessoas de outras famílias casadas na Família LUZ; QUINTA GERAÇÃO: 442 casais,  total de 1.012 pessoas da família e mais 452 pessoas como irmãos, pais, avós, etc. das pessoas de outras famílias casadas na Família LUZ; SEXTA GERAÇÃO: 1.658 casais e total de 4.094 pessoas da família e mais 1.000 pessoas como irmãos, pais, avós, etc. de outras famílias casadas na Família LUZ: SÉTIMA GERAÇÃO: 1.112 casais, total de 5.122 pessoas da família e mais 346 pessoas como irmãos, pais, avós, etc. das pessoas de outras famílias casadas na Família LUZ; OITAVA GERAÇÃO: 59 casais, total de 1.496 pessoas da família e mais 12 pessoas como irmãos, pais, avós, etc. de outras famílias casadas na Família LUZ e NONA GERAÇÃO: apenas total de 54 pessoas da família.
Em todo o livro, foram relacionadas 17.191 pessoas, compreendendo as 14.066 pessoas da Família LUZ constantes da Estrutura Codificada, mais 2.358 pessoas constantes do capítulo “Os Luz no Mundo, no Brasil e no Piauí” e ainda mais 767 pessoas constantes do “Roteiro Genealógico das Famílias Bíblicas”. 
A Codificação adotada indica a seqüência na cadeia de descendência das gerações familiares, da Primeira até a Nona Geração, por onde já está andando a Família LUZ, vinda de Portugal e chegada ao Brasil na primeira metade do século XVIII, inicialmente na Bahia, depois vindo para o Piauí, na cidade de Picos, e hoje já se encontram pessoas da família em 4 Países: Brasil, Portugal, Alemanha e Japão e nos 23 Estados do Brasil seguintes: Piauí, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Maranhão, Pará, Roraima, Amazonas, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Goiás, Distrito Federal, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
Assim, a codificação com apenas um algarismo numérico indica que a pessoa com esse número pertence à Primeira Geração; a codificação com dois algarismos numéricos indica que a pessoa pertence à Segunda Geração; a codificação com três algarismos numéricos indica que a pessoa pertence à Terceira Geração, e daí sucessivamente, até a codificação com nove algarismos numéricos, indicando que a pessoa  com esse código já  pertence à Nona Geração.
Os algarismos numerais dentro da codificação indicam a ordem de nascimento dos filhos de uma mesma irmandade, ou seja, o número um indica o primeiro filho, o número dois indica o segundo filho e assim sucessivamente vai até o último filho, seguindo a ordem cronológica de nascimento das pessoas de uma mesma irmandade familiar.
Para melhorar o entendimento a respeito, apresentam-se a seguir algumas exemplificações:
1. Inácio da Luz, considerado como da Primeira Geração, por ter sido o primeiro que se conseguiu identificar na história da Família LUZ, vindo  de Portugal para a Bahia, no Brasil, e representado apenas pelo número um, como sendo o TRONCO DA ÁRVORE.
1.1.  Manoel Inácio da Luz (I) é o primeiro filho de Inácio da Luz, pois o segundo número como sendo um o indica como tal, tendo vindo da Bahia para o Piauí, pertencendo à Segunda Geração, representado por dois números.
1.2.  Francisco Inácio da Luz é o segundo filho de Inácio da Luz, tendo vindo com o irmão da Bahia para o Piauí e é pertencente também à Segunda Geração, representado por dois números e o número dois, no final, que o indica como sendo o segundo da irmandade.
1.1.1.  Antônio João da Luz é o primeiro filho de Manoel Inácio da Luz (I) e já pertence à Terceira Geração, representado por três números e o terceiro número um, no final, por ser ele o primeiro filho.
1.1.2.  Raimundo Francisco da Luz é o segundo filho de Manoel Inácio da Luz (I), já pertencendo à Terceira Geração e o número dois, no final, que o indica como sendo o segundo filho da irmandade e daí por diante.
1.2.1.  Joaquim Teotônio da Luz é o primeiro filho de Francisco Inácio da Luz, já pertencendo também à Terceira Geração e o terceiro número um, no final, que o indica como sendo o primeiro filho e daí por diante.
Procuramos manter sempre a ordem lógica da codificação adotada e por isso mesmo é  importante ressaltar que uma mesma pessoa poderia aparecer em mais de um lugar, na seqüência da cadeia de descendência familiar, podendo estar na mesma Geração ou em outra Geração seguinte, dependendo do andamento das cadeias do Pai e da Mãe, desde que tanto o Pai como a Mãe sejam da mesma Família LUZ.
Entretanto, deixamos os filhos aparecendo apenas uma vez na cadeia familiar para quem primeiro aparecer na Estrutura Codificada, quer do Pai, quer da Mãe, pois na segunda vez que deveria aparecer na cadeia familiar, apenas se menciona que aqueles filhos já estão registrados em codificação anterior, procurando, assim, evitar repetições sucessivas e desnecessárias de nomes, fato que ocorreria naturalmente se não adotássemos esse critério.
Ademais, essa seqüência codificada fica também quebrada ou terminada nos casos em que, em uma irmandade, aparecem irmãos que tenham falecidos ainda crianças ou que tenham ficado solteiros, isto é, sem filhos, não aparecendo na Geração seguinte os seus descendentes, por não existirem. O mesmo ocorre com os casais sem filhos, uma vez que não dão continuidade  nas gerações futuras.
Todos esses esclarecimentos têm como finalidade facilitar o entendimento, de forma que qualquer pessoa possa localizar o seu nome na Estrutura da Árvore Genealógica da Família LUZ, sem maiores dificuldades, bem como conhecer toda cadeia de sua família, tanto ascendente, por parte de Pai como de Mãe, se ambos da Família, quanto descendente. Há necessidade de compreender melhor a seqüência lógica da codificação, tanto indo para frente, quanto voltando na cadeia familiar, para encontrar seus descendentes e ascendentes, respectivamente.
  No caso da nossa Família LUZ, aqui no Brasil, ainda estamos andando pela Nona Geração. Ressalte-se, nessa oportunidade, que Jesus Cristo nasceu no início do ano “UM” da Era Cristã e  pertencia à Vigésima Oitava Geração depois do Rei Davi, segundo o evangelista Mateus, um dos doze apóstolos, uma vez que era descendente da mesma família e que, no seu pouco tempo de vida na Terra, deixou uma nova filosofia e religiosidade de vida, com base na humildade, na caridade, na esperança e  no amor ao próximo, ensinamentos presentes até hoje, embora  já se tenham  passados dois mil anos.
Também se lembrarmos do grande Pensador e Filósofo Chinês, tão conhecido em todo o Mundo, de nome Confúcio, sabemos que os seus descendentes já estão passando pela septuagésima sétima geração, no final do século XX, tendo deixado grande sabedoria que ainda é lembrada nos momentos mais profundos do conhecimento humano.
As Nove Gerações que compõem a Árvore Genealógica da Família LUZ estão apresentadas no prosseguimento deste livro, sob a Estrutura Codificada, onde qualquer pessoa interessada pode encontrar, com uma certa facilidade, as pessoas da família que foram identificadas e os resumos biográficos de suas vidas, em conformidade com a disponibilidade de informações conseguidas a respeito.
A Árvore Genealógica é um recurso de suma importância, utilizado desde os primórdios dos tempos, para documentar toda uma descendência familiar através dos séculos. Já na Bíblia, encontra-se toda uma indicação da árvore genealógica das famílias bíblicas daquela época, cujo resumo foi apresentado  no início deste livro.
            Também há exemplos de várias árvores genealógicas delineadas por estudiosos na documentação de muitas famílias, como é o caso da Família Real da Inglaterra e de muitas outras, as quais se tem como exemplos, na história genealógica do mundo. É uma maneira de documentar a história de uma família de forma a ficar preservada de geração a geração, no passar do tempo, por toda uma eternidade, desde que sempre haja alguém que possa fazer as atualizações constantes, para permanecer sempre viva nos corações dos familiares.
Em seguida está a ilustração da Árvore Genealogia da Família Luz como um retrato resumo das Nove Gerações e logo depois vêm as Nove Gerações sob a Estrutura Codificada, iniciando com a Primeira até a Nona Geração, com os resumos biográficos das pessoas da Família Luz.

ILUSTRAÇÃO DA ÁRVORE GENEALÓGICA