APRESENTAÇÃO

Um dia, ainda na minha adolescência, assaltou-me a curiosidade de saber de onde vim, quais são as minhas origens, quais foram os meus antepassados e foi a minha querida Mãe Maria Stela de Jesus quem primeiro me socorreu, repassando-me tudo o que ela sabia a respeito dos nossos ancestrais, nome por nome, história por história, etc. E até que sabia muito a respeito, na linha ascendencial!


Com base nessas informações e em algumas outras pesquisadas junto aos parentes mais velhos, elaborei, de forma esquemática, um primeiro esboço sobre a minha própria Genealogia de antecedentes, na primeira metade da década de 1960, em uma folha de papel, seguindo dois caminhos: de um lado, a linha ascendencial de meu Pai, e do outro lado da folha a ascendência de minha Mãe, e retornando no tempo até onde pude obter informações a respeito, chegando a um mesmo tronco familiar inicial, cujo documento guardo há mais de 40 anos, até hoje, como relíquia da minha primeira investida nessa área genealógica.


Com esse sentimento de busca pelo conhecimento dos antepassados e por um apego muito especial que sempre dedico a todos os familiares, resolvi, então, escrever a Genealogia da Família LUZ, com o ânimo maior de propiciar a todos os parentes mais informações sobre toda a Família, especialmente às gerações futuras, que haverão de reconhecer melhor essa oportuna iniciativa e ingente esforço, sem o que as lembranças iriam sendo apagadas pelo tempo.


Assim, comecei a dedicar-me a este trabalho há mais de 40 anos, apenas nas horas mais disponíveis, diante de muitas outras ocupações, e só agora, de 1990 para cá, é que realmente dediquei maior empenho para a elaboração deste livro e, sobretudo, a partir de 1995, com a minha aposentadoria, quando então passei a dedicar-me quase em tempo integral até chegar a sua conclusão, seguindo sistemática metodologia orientadora, indicada em seguida.


Outras pessoas da Família também andaram desenvolvendo trabalhos genealógicos, embora de dimensões menores, isto é, mais restritos aos parentes mais próximos e isso é muito importante para a documentação da história de toda a Família LUZ.


Há algumas pessoas de cada ramificação familiar desenvolvendo trabalho genealógico, embora só do seu segmento. Isso já significa uma grande contribuição no cômputo geral de toda a família. Tornar-se-ia mais fácil fazer um trabalho geral consolidado sobre toda a família.


Quando da concepção mais realista sobre a elaboração do presente livro de Genealogia da Família LUZ, em 1990, foi elaborado um roteiro geral para orientação das atividades a respeito, nos seguintes contornos:


1º - Fazer pesquisas junto às diversas pessoas da família, mais velhas, em busca de informações sobre o passado, procurando identificar os antepassados familiares; junto às pessoas mais novas, para obter as informações sobre o presente, identificando até as últimas crianças nascidas.


2º - Fazer pesquisas em documentos existentes sobre o descobrimento do Brasil, sobretudo no que diz respeito aos integrantes das viagens de Portugal ao nosso País, Sistemas de Capitanias e primeiros exploradores do Brasil, bandeirantes, etc. Também sobre o povoamento do Piauí, seus primeiros desbravadores, etc.


3º - Fazer investigações junto aos historiadores que se dedicaram à história do Piauí, como Padre Chaves, Odilon Nunes, Artur Passo, Raimundo Santana e outros.


4º - Estruturar a composição do trabalho por assuntos, em função dos resultados obtidos nas pesquisas realizadas.


5º - Desenvolver cada parte do trabalho, consoante as informações conseguidas nas pesquisas e investigações realizadas.


6º - Harmonizar todas as partes do trabalho entre si e em todo o seu conteúdo, fazendo a composição final, conforme a melhor apresentação possível dos assuntos abordados.


7º - Conseguir pessoas credenciadas para fazer revisões, compatibilizações, complementações, julgadas oportunas, preparando os originais para publicação.


8º - Diligenciar junto ao Governo do Piauí no sentido de conseguir publicação do livro pela COMEPI, como Editora do Estado, ou, nessa impossibilidade, procurar as Prefeituras Municipais em que hajam pessoas da Família LUZ participando do Executivo ou do Legislativo, no sentido de patrocinarem a publicação do livro ou, ainda não havendo possibilidade, procurar Editoras ou outros órgãos gráficos que possam oferecer melhores preços para a publicação.


9º - Fazer a distribuição do livro pelas pessoas da Família LUZ e Famílias Interligadas, com preferência para os mais velhos.


10º - Fazer distribuição do livro pelas principais bibliotecas do Piauí do Brasil e do Mundo, especialmente o Arquivo Nacional da Torre do Tombo, em Lisboa _ Portugal.


Seguindo essa orientação básica, foi preparado um roteiro metodológico para a realização de pesquisa mais sistematizada, ao tempo em que foi recomendado informar tudo que souber, conseguir informações junto aos parentes, especialmente os mais velhos, procurar jazigos, em cemitérios, onde estão sepultadas pessoas da família, consultar registros de batismos em igrejas, registros de nascimentos, casamentos e óbitos em cartórios e tudo o mais que fosse possível para prestar as seguintes informações:


1º - Sempre foram indicados nomes básicos de pessoas (marido e mulher) da família, a partir dos quais seria realizada a pesquisa, tanto ascendencial como descendencial.


2º - Nomes completos das pessoas indicadas (marido e mulher), tomados como nomes básicos, para as informações solicitadas, as datas de nascimento, onde nasceram, os nomes dos pais, os nomes dos irmãos, sempre em ordem cronológica de nascimento, com quem se casaram, os nomes dos avós e bisavós, tanto paternos como maternos, e nomes dos demais antepassados de quem se possa ter informações, grau de instrução, profissões, o que foram de mais importante na vida, onde moraram e onde moram atualmente, quais as datas de casamento, as datas de falecimento (se já ocorreram), com os dados completos sobre todas essas pessoas.


3º - Nomes completos dos filhos, em ordem cronológica de nascimento, vinculados aos nomes dos pais, para se saber de quem são filhos, quais as datas de nascimento, onde nasceram, qual o grau de instrução, profissões, o que foram de mais importante na vida, com quem se casaram, quais as datas dos casamentos, onde moraram e onde moram atualmente, e as datas de falecimento, se o óbito já ocorreu. Se o esposo ou esposa não for da Família LUZ, indicar os dados completos dos irmãos, pais, avós e bisavós paternos e maternos desse esposo ou esposa.


4º - Nomes completos dos netos, em ordem cronológica de nascimento, vinculados aos nomes dos pais, para se saber de quem são filhos, as datas de nascimento, onde nasceram, qual o grau de instrução, as profissões, o que foram de mais importante na vida, com quem se casaram, as datas de casamento, onde moraram e moram atualmente e as datas de falecimento, se já ocorreram. Se o esposo ou esposa não for da Família LUZ, indicar os dados completos dos irmãos, pais, avós e bisavós, paternos e maternos, desse esposo ou esposa.


º - Nomes completos dos bisnetos, em ordem cronológica de nascimento, vinculados aos nomes dos pais, para se saber de quem são filhos, quais as datas de nascimento, onde nasceram, qual o grau de instrução, as profissões, o que foram de mais importante na vida, com quem se casaram, as datas de casamento, onde moraram e moram atualmente e as datas de falecimento, se já ocorreram. Se o esposo ou esposa não for da Família LUZ, indicar os dados completos dos irmãos, pais, avós e bisavós paternos e maternos desse esposo ou esposa.


6º - E daí por diante, até os últimos nascidos até hoje, etc., sempre fornecendo todos os dados completos, isto é, nomes completos, sempre vinculados aos nomes dos pais, para se saber de quem são filhos, quais as datas de nascimento, onde nasceram, quais os nomes dos irmãos, o grau de instrução, as profissões, o que foram de mais importante na vida, com quem se casaram, as datas de casamento, onde moraram e moram atualmente e as datas de falecimento, se elas já ocorreram, e os dados completos do esposos ou esposas, informando toda uma cadeia completa de ascendência e descendência familiar, dos mais velhos para os mais novos, etc.


7º - Também fez parte da pesquisa sempre encaminhar um Formulário apropriado para levantar os nomes das pessoas da Família LUZ que fizeram ou estão fazendo Cursos de Nível Superior, devendo ser multiplicado por cópias e devidamente preenchido com o nome da pessoa, o nome do curso superior, o ano em que concluiu ou vai concluir e ainda o nome do pai ou da mãe que seja da Família LUZ, para integrar o trabalho final.


8º - Acrescentar todas as demais informações que julgar oportunas para se compor a Árvore Genealógica da Família LUZ e suas ligações com outras Famílias.


Durante todo esse tempo de pesquisa e elaboração do trabalho, não me contentei só com as informações recebidas por correspondências ou por e-mails. Mantive, constantemente, contatos pessoais e por telefone com inúmeras pessoas, tanto mais velhas como mais novas, sempre buscando mais informações sobre a família, esclarecendo dúvidas e aprofundando-me melhor no conhecimento dos sentimentos, pensares e atitudes de cada um, procurando identificar as verdadeiras características da Família LUZ.


É oportuno esclarecer que as informações recebidas por escrito, de muitas fontes, às vezes de mais de uma fonte sobre as mesmas pessoas, uma vez do lado do esposo, outra vez do lado da esposa, e ainda de outras pessoas parentes que também prestaram informações, quase sempre foram encontrados nomes e datas divergentes, dados incompletos, bem como ilegíveis, em virtude de letras manuscritas ilegíveis, pelo que foi necessário optar-se por uma versão, talvez, quem sabe, nem sempre a correta, razão pela qual pode haver alguns erros dessa natureza, pelas razões aqui expostas.


Mantive vários contatos pessoais e escrevi inúmeras correspondências, dirigindo-me a muitas pessoas da família, e depois, inúmeras vezes, em reiterações, pois em uma só dessas vezes remeti mais de 250 cartas, solicitando informações e, mesmo assim, nem sempre com respostas satisfatórias, outras vezes sem resposta, até hoje.


Eu, pessoalmente, fiz anotações com base em jazigos, em cemitérios, onde estão sepultadas pessoas falecidas da família; consultei catálogos telefônicos em todo o Brasil, documentações em igrejas, cartórios, bibliotecas, museus, arquivos públicos, inclusive no Arquivo Nacional da Torre do Tombo, em Lisboa, Portugal, quando estive naquela Capital, em viagem de passeio, no mês de julho de 1995.


Nessa mesma oportunidade, o próprio Ministério da Cultura (Arquivos Nacionais _ Torre do Tombo), em Lisboa, Portugal, adiantou-me que nos tradicionais nobiliários portugueses, bem como no índice das Genealogias Manuscritas da Torre do Tombo, não constava qualquer genealogia antiga sobre a Família LUZ.


Também em outros países por onde andei passeando, na Europa, no Oriente, no Oriente Médio, na América do Norte e na própria América do Sul, procurei verificar em catálogos telefônicos ou mesmo indagando com as pessoas acerca da existência de possíveis nomes de famílias com o Sobrenome LUZ, ou versões em outras línguas que não a portuguesa, servindo-me tudo isso de subsídios para escrever a parte dos LUZ no Mundo, no Brasil e no Piauí.


Em uma última tentativa, viajei, em 2000, por mais de três meses, em carro próprio, de Brasília-DF ao Nordeste, sobretudo ao Piauí, onde visitei uns quinze municípios, sempre com o propósito firme de concluir a pesquisa sobre os dados faltantes para completar este livro.


Andei em estradas de chão, em veredas, em pés de morros e em beiras de rios, sempre a procura de parentes para obter informações e, embora o resultado tenha sido muito bom, com muitas informações coletadas, mesmo assim não ficaram completas, a contento, todas as informações desejáveis.


Foram as mais diversas as dificuldades a vencer em todo o trabalho e por muitas vezes eu tive que me conter e não levar em conta muitos dissabores. Houve casos em que as pessoas chegaram a se esconder ou fugir, a toda prova, para não fornecer informações sobre os seus familiares. Não se conseguiu identificar, em todos os casos, o motivo dessas situações desagradáveis, mas, em uma situação especial, cheguei a ser desacatado, pois um certo senhor, casado na nossa família, pensou que eu estaria ali era com intenções de tomar as suas terras.


Em um outro certo caso, descobri a namorada de um rapaz da Família LUZ que tinha vindo para a cidade grande procurar trabalho. Pedi que ela me fornecesse o endereço ou telefone do mesmo, pelo que ela se negou, pois me perguntou se eu, como advogado, estaria querendo prendê-lo. Foi necessário todo um esclarecimento, com a ajuda de outras pessoas presentes, para que a moça fornecesse o telefone do rapaz.


Em outros casos, algumas pessoas indagavam se eu estava neste trabalho de pesquisa com a pretensão de ser candidato a Deputado Estadual ou Federal, e ainda se ouvia comentários de que eu não faria todo um esforço desse, saindo da Capital Federal do País, para andar de carro próprio pelo Nordeste e em certas situações interioranas difíceis, que não fosse para ter uma recompensa muito grande de, pelo menos, ficar rico, talvez vendendo o livro resultante.


Foram muitas dessas situações e outras tantas desagradáveis que se teve de enfrentar. E como algumas pessoas não forneceram realmente suas informações, o livro, no seu final, não pôde ser o mais completo como se desejava.


E assim, consegui compor o presente livro de Genealogia da Família LUZ, no que me foi possível fazer e que agora tenho a grande satisfação de poder apresentá-lo a todos quantos se interessem pelo mesmo, em seu conteúdo global, ou seja, sobre o conhecimento genealógico de todo o mundo.


A Capa do Livro foi inspirada em um momento de almoço, no dia 03.11.1997, ouvindo televisão, em que a Família Dumont, de Minas Gerais, estava desenhando, em roupas confeccionadas para venda, o resultado da criação de um artista plástico parente, que mora no Rio de Janeiro.


Ali veio a idéia de fazer uma capa representando uma multidão de pessoas, homens, mulheres e crianças, desde os mais velhos até os mais novos, demonstrando que a Genealogia é um caminhar do passado, pelo presente, em direção ao futuro, ainda insondável.


No início do livro, achei por bem colocar um texto sobre Jesus Cristo, escrito no seu tempo, em que é feita uma descrição minuciosa da sua pessoa, tudo porque acreditamos no Deus Supremo, Criador do Céu e da Terra e de todas as coisas.


Logo em seguida, apresento um Roteiro Genealógico das Famílias Bíblicas, elaborado com base na própria Bíblia e em outras fontes pesquisadas, com a inestimável colaboração do meu irmão Josué Teotônio da Luz, que muito me ajudou nessa parte, inclusive fazendo a pesquisa.


IN MEMORIAM, fiz um tributo de gratidão a todos os nossos antepassados, que souberam conduzir esta Família até os dias de hoje, com toda grandeza e plenitude, em suas peculiaridades fundamentais.


Em Agradecimentos, procurei agradecer a todos quantos colaboraram, direto ou indiretamente, para que este livro chegasse ao seu final, com um conteúdo histórico sem precedentes na Família LUZ, ficando registrado para a posteridade.


Em Resumo Histórico do Sobrenome Luz e Brasão, é esclarecida a existência de mais de um Brasão desse Sobrenome e apresentadas as versões a respeito.


O capítulo que trata sobre Os LUZ no Mundo, no Brasil e no Piauí é apenas um relance do que pudemos observar na travessia por esses lugares todos, em países distantes e aqui mesmo no Brasil, por onde andei em quase todos os Estados, ou por intermédio de pesquisas realizadas por outros meios, objetivando apresentar melhor a multiplicidade existente do Sobrenome LUZ, sem que haja possibilidade de uma avaliação mais factível a respeito, sobretudo quanto a algum grau de parentesco.


Não poderia deixar de apresentar Picos, no Piauí, como maior Núcleo da Família LUZ no Brasil, uma vez que foi ali que a Família LUZ permaneceu, desde muito tempo atrás, quando chegou a esse Estado, vindo da Bahia, ainda no período colonial, que já havia sido um município modelo do Piauí durante algum tempo.


Repassou-se um pouco de sua história com informações históricas, geográficas, político-administrativas, sociais e culturais, enfim, tudo o que se pôde pesquisar para um melhor conhecimento sobre aquele município.


Em Ligações da Família LUZ com Outras Famílias, apresentou-se a oportunidade de estreitar esse relacionamento, proporcionando uma troca de experiências.


Não poderia deixar de apresentar Picos, no Piauí, como maior Núcleo da Família LUZ no Brasil, uma vez que foi ali que a Família LUZ permaneceu, desde muito tempo atrás, quando chegou a esse Estado, vindo da Bahia, ainda no período colonial, que já havia sido um município modelo do Piauí durante algum tempo.


Repassou-se um pouco de sua história com informações históricas, geográficas, político-administrativas, sociais e culturais, enfim, tudo o que se pôde pesquisar para um melhor conhecimento sobre aquele município.


Em Ligações da Família LUZ com Outras Famílias, apresentou-se a oportunidade de estreitar esse relacionamento, proporcionando uma troca de experiências.


Nas Características Fundamentais e Observações Diversas, procurou-se identificar, o mais preciso possível, o perfil da Família LUZ, destacando-se as peculiaridades que mais a distinguem no concerto geral das famílias. É natural que alguma característica mencionada no livro também possa existir em outras famílias, mas o que realmente se pretendeu, neste livro, foi reunir um conjunto de características mais próprias da Família LUZ.


Ainda com fulcro nas informações constantes do livro e para complementar as Características Fundamentais, são apresentadas as Observações Diversas, com a finalidade de evidenciar alguns indicadores de comportamento, de mudanças, de atitudes, de qualidades e de condições de vida da Família LUZ. São essas as nossas inferências.


Em Participações na Política, apresenta-se um quadro contendo todas as pessoas da Família LUZ que já tiveram cargos políticos eleitos, fazendo-se as considerações sobre a representatividade da família.


No cenário familiar, são destacadas as Pessoas com Curso Superior, para sabermos quantos já somos nesse terceiro nível do conhecimento humano e quais as especializações profissionais abraçadas no decorrer da vida de cada um. De certo, haveremos de aumentar a amplitude, e em muito, desse horizonte intelectual que só agora começa a despertar mais e encontrar melhores condições e facilidades para estudar.


Em Interação, Complementação e Atualização, concitamos a todas as pessoas da família, no sentido de que sempre estejam imbuídas do bom propósito de completar as informações que estejam ainda faltando no livro e fazer as atualizações devidas, no decorrer dos anos, bem como aproveitar o ensejo para difundir um relacionamento mais estreito entre as pessoas, em uma verdadeira comunhão de sentimentos, de entendimentos e de amizade sincera.


Achou-se importante fazer alguns registros fotográficos, o que foi possível conseguir, cujo resultado consta da Documentação Fotográfica, onde as fotos estão numeradas de 01 a 85, na mesma ordem em que os motivos estão expostos no livro, acreditando-se ser mais uma documentação de grande valia para as pessoas da Família LUZ.


Apresenta-se uma ilustração em Resumo da Árvore Genealogia da Família LUZ, compondo as nove Gerações, objetivando visualizar melhor todo o conjunto familiar em estudo, para uma maior compreensão do quanto representa essa Família. É um retrato, em síntese, da Família LUZ.


Depois, são desenvolvidas as Nove Gerações que compõem toda a Genealogia da Família LUZ, especificadas em uma Estrutura Codificada, que vai se desdobrando de geração em geração, com a indicação de todas as pessoas com os seus resumos biográficos, em conformidade com a disponibilidade das informações que se pôde conseguir a respeito, representando a maior parte do livro.


São fornecidas algumas informações sobre o Autor deste livro, compreendendo o Resumo Biográfico e o "Curriculum Vitae", para conhecimento a respeito.


É apresentada a Bibliografia que serviu de base para que pudéssemos encontrar as condições necessárias, de conhecimentos, de metodologia e outros subsídios, que ajudaram na elaboração do presente livro.


No final do livro, encontra-se o Índice Onomástico, onde se acham os nomes das pessoas e as respectivas páginas, facilitando, enormemente, a localização dos nomes das pessoas que desejarem consultar o que há escrito a respeito das mesmas.


A distribuição do presente livro é desejável que seja feita para as pessoas constantes da Estrutura Codificada da Árvore Genealógica da Família LUZ, de modo que possam receber esse manancial histórico sobre a nossa Família.


Entretanto, se o número de exemplares a ser publicado não for suficiente para todas as pessoas, dar-se-á preferência para as mais velhas, que depois poderão ir deixando para as pessoas mais novas, de forma que todas possam ter a oportunidade de ler o livro e conhecer melhor nossa história.


O livro deve ser uma fonte de consulta para todas as pessoas, indistintamente.


É natural e necessário que também se faça o registro deste livro no órgão competente, no Brasil, seja feita a sua distribuição por todos os Órgãos de Genealogia no País, bem como pelas Bibliotecas dos Municípios onde houver pessoas da Família LUZ e, ainda, pelas principais Bibliotecas dos Estados do Brasil e pelas Bibliotecas principais do Mundo, inclusive deixando alguns exemplares no Arquivo Nacional da Torre do Tombo, em Lisboa, Portugal, onde foram feitas algumas pesquisas sobre este trabalho.

Brasília-Distrito Federal, Julho de 2003